Como Controlar a ANSIEDADE e Superar o Maior PERIGO Oculto da Ansiedade na sua Vida!

Olá, eu sou a Amanda Dreher, fundadora do Feliz Com Você e criadora do método Meditar Transforma, e nesta postagem eu vou te revelar como controlar a ansiedade e superar o maior perigo oculto da ansiedade na sua vida. 

Você irá descobrir também o que é uma vida VERTICAL e uma vida HORIZONTAL, e como esta segunda vida aprisiona você num perigoso padrão comum gerador de ansiedade na sua vida. 

E eu vou te revelar também quais são os 2 passos para você saber como controlar a ansiedade e até como acabar com ela na sua vida.

E eu já vou avisando que eu não vou ficar falando aqui mais do mesmo… o básico, o óbvio, aquilo que a gente já sabe… Sintomas, tratamentos cheios de efeitos colaterais.

Não, o vídeo e a postagem de hoje são pra revelar pra você algo que eu descobri sobre a ansiedade que está oculto… um padrão inconsciente… um verdadeiro perigo oculto…  

Eu vou te mostrar que aprender como controlar a ansiedade NÃO é procurar uma solução mágica do lado de fora…

Eu vou te revelar que descobrir como controlar a ansiedade NÃO é esperar que algum profissional irá te salvar e tirar a ansiedade de dentro de você…

Eu vou te ensinar que aprender como controlar a ansiedade NÃO é esperar que a ansiedade vá embora sozinha, sem que façamos a nossa parte…

E eu confesso que eu mesma não tinha percebido esta relação até bem pouco tempo atrás, mesmo estudo e pesquisando o assunto por mais de 10 anos, este perigo oculto não está nos livros nem nas revistas…  

Como controlar a ansiedade: 9 perguntas que você precisa se fazer agora! 

O vídeo que está aqui neste artigo sobre como controlar a ansiedade faz parte da minha série NAMASTÊ, onde é liberado um vídeo novos todas as terças-feiras, sempre às 20h20min, no meu canal do YouTube (clique aqui para assinar gratuitamente o canal). 

Se você já está inscrito, verifica se as notificações do canal estão ativadas. Basta clicar no vídeo e verificar se o SININHO está ativo, porque só assim você vai ser avisado dos novos conteúdos. Feito? Então vamos lá… 

E esta série NAMASTÊ é pra quem quer controlar a mente, equilibrar as emoções, está em busca do autoconhecimento e quer evoluir, ser uma pessoa melhor com mais paciência, com mais força pra superar os desafios e problemas da vida. 

Uma série pra quem acabar com a ansiedade e poder  ajudar as pessoas ao seu redor… pra quem quer sentir serenidade de verdade!  Clique aqui para assistir ao 1º Vídeo!

 

Preparada para as 9 perguntas para você começar a lidar com a ansiedade? 

1) Você já se sentiu CULPADA por não ser uma mãe tão boa quanto você gostaria de ser? 

2) Você já se sentiu CULPADA por não ser uma filha tão boa quanto você gostaria de ser? Culpada por não dar a atenção, o amor e o carinho que você gostaria de dar para os seus pais? 

3) Você já ficou com sua autoestima ABALADA, lá embaixo mesmo, porque você se olhou no espelho e não viu tão bonita quanto gostaria? Você vê rugas, olheiras, aquele pneuzinho na barriga, e se cobra por isso? 

4) Você já se sentiu com a autoestima LÁ EMBAIXO porque você chega num lugar se sentindo confiante e bonita, e depois de alguns minutos lá esta sua confiança já foi toda embora?  

5) Você já se sentiu ARRASADA emocionalmente por não ser a esposa perfeita que gostaria de ser? Por não dar conta e cuidar da casa do jeito que gostaria? 

6) Você já se SENTIU MENOS no trabalho porque não conseguiu fazer tudo o que você precisava? Porque algo que você fez não deu certo? Gostaria de ter mais sucesso na carreira, ser mais valorizada profissionalmente, e não consegue? 

7) Você já SE COBROU por não conseguir dar a atenção que gostaria para os seus pais? 

8) Você já se CULPOU por não conseguir ler aquele livro, estudar aquele curso, fazer academia (não só se matricular, né…) fazer mesmo, por não conseguir cuidar de você, da sua evolução? 

9) E o pior já se sentiu SOBRECARREGADA com tudo isso? 

Comenta pra mim aqui embaixo… Quando foi que você sentiu culpa, ficou frustrada, arrasada com estas expectativas não atendidas? Com toda esta pressão interna e auto cobrança gigantesca? 

Eu quero saber se isso já aconteceu com você também, ou se é só comigo que isso acontece? Como… quando… Pausa e comenta… 

O maior perigo oculto que impede você de controlar a ansiedade 

No próximo capítulo desta postagem falarei com mais detalhes sobre os 2 passos para você controlar a ansiedade, mas agora quero adiantar o primeiro passo: que é tomar consciência destes padrões inconscientes que citei acima. 

E o principal é exatamente este perigoso, silencioso e oculto padrão inconsciente de QUERER SER BOA EM TUDO, de estar diariamente sentindo os efeitos desta pressão de NÃO SER BOA O BASTANTE. 

Na verdade, ser boa não é o termo correto… Estou falando aqui de uma cobrança interna e de uma exigência externa de SER PERFEITA em tudo, de SER EXCELENTE em tudo! 

Não basta mais ser saudável, você precisa ser sarada e ter barriga tanquinho (e ainda publicar no instagram fotos de antes, durante e depois do treino) 

Não basta ter foco e concentração, você precisa ter hiperfoco e alta performance. 

A vida moderna, onde temos acesso ao mundo na palma da mão literalmente… o ritmo de evolução que estamos vivendo nos trouxe uma necessidade de ser cada vez melhores, hoje não basta só ser bom, tem que ser top! 

Mas Amanda… isso não é bom? Não é isso que você fala sempre que precisamos evoluir sempre. 

Evoluir é uma coisa, esta necessidade de ser cada vez melhor em tudo é outra! 

Evoluir é quando você está conectado com a sua essência e toma ações de dentro para fora busca ser melhor a cada dia. 

Esta necessidade de ser cada vez melhor em tudo é algo que acontece quando passamos a agir sem saber por que, baseamos o que precisamos fazer em modelos prontos, nos comparamos… 

E com isso não conseguimos enxergar nossas coisas boas. 

Hoje todos nós desempenhamos vários papéis: de esposa, de irmã, de trabalhadora, de mãe, de filha, de amiga…e cada um destes papéis tem uma série de pequenos papéis vamos assim dizer… 

Preciso te explicar agora o que eu chamo de vida HORIZONTAL e vida VERTICAL 

Vida Horizontal e Vida Vertical: Como lidar com a ansiedade

Nós temos a vida vertical, uma vida conectada com a sua essência, você quem você é, qual é a sua missão ou propósito de vida, você sabe por que acorda de manhã, você sabe por que acorda de manhã todos os dias, você sabe quais são os seus talentos únicos e como você pode contribuir para o mundo. 

E o principal: você sabe no que você não é tão bom assim, e você se aceita, e está tudo bem, e quando você se permite dessa forma, o Universo te manda alguém que é muito bom naquilo, para complementar você… Nós não somos sozinhos no mundo… 

Já a vida horizontal nos traz sofrimento quando precisamos dar conta desta pluralidade de papéis… A gente tenta dar conta de tudo [procurando ser perfeita em tudo] e acaba se desconectando da nossa essência vertical. 

Tento dar conta de tudo, ser excelente em tudo, acabo me frustrando, me cobrando em excesso e sendo superficial naquilo que é minha essência vertical, e acabo deixando que o mundo lá fora dite as regras da minha vida. 

Acabo me comparando com as outras pessoas, em vez de basear minhas escolhas e atitudes de acordo com a minha alma, essência ou consciência (o nome que você se sentir mais confortável). 

Eu baseio as minhas (e a minha vida) no que o meu marido quer, no que o meu filho quer, no que as outras pessoas querem, querendo agradar todo mundo e deixando de agradar o elemento mais importante desta equação: você mesmo! 

Quando tentamos agradar a todo mundo, acabamos sendo mornos em vez de intensos… 

Acabamos sendo superficiais quando podemos ser profundos… 

Acabamos sendo outra pessoa quando devemos ser apenas nós mesmos… 

Acabamos escondendo do mundo e das outras pessoas aquilo que é o mais importante na nossa vida: aquilo em que acreditamos! 

E o que acontece hoje é que existe um padrão comum, inconsciente… que quando nós não estamos presentes, atentos, acabamos caindo, e quando caímos nele acabamos alimentando a ansiedade dentro de nós. 

Vemos o que os outros fazem [ou ao menos postam] no instagram e queremos ser iguais a eles 

Escutamos o que os outros dizem [e muitas vezes nem praticam] e queremos usar as mesmas palavras… 

Vemos os outros viajando para determinados lugares e postando fotos felizes [ao menos nas fotos] e queremos ir lá no mesmo lugar e tirar a mesma foto [um pouco melhor, claro!] 

A pergunta chave é: isso faz parte da minha verticalidade? Isso faz parte de quem eu nasci pra ser? 

Estas situações podem ser apenas cotidianas, mas são exemplos de que dia após dia vamos ficando mais frustrados, desconectados e ansiosos… 

A ansiedade, como você já percebeu, não é algo que surge assim do nada… Ela não aparece de repente, de um dia para o outro [mesmo que às vezes tenhamos esta falsa impressão]. 

A ansiedade é uma sucessão de coisas, situações e pessoas que vão nos sobrecarregando, nos deixando exaustos, cansados e esgotados… É um acúmulo de emoções mal resolvidas, pensamentos tóxicos sendo acumulados dia após dia, sentimentos negativos que vão se somando durante anos… 

Quanto mais preocupações com o futuro, medos e mágoas com o passado nós formos acumulando, ou seja, quanto mais a nossa mente estiver AUSENTE do momento PRESENTE, mais a ansiedade estará assumindo o controle da nossa vida. 

Como controlar a ansiedade: a diferença entre inspiração e comparação 

Aqui surge também uma diferença essencial entre INSPIRAÇÃO e COMPARAÇÃO. 

E primeira coisa que você precisa EVITAR com extrema URGÊNCIA é NÃO comparar o seu bastidor com o palco do outro. Simples assim. 

Não olhe o palco atual do outro (realização, sucesso, a vida que você quer pra sim, resultados alcançados, família feliz…) e compare com o seu bastidor (medo, dúvida, problemas…). 

Lembre-se de que, quem já atingiu o “sucesso” e está no palco hoje, é porque no passado já enfrentou os mesmos bastidores que você enfrenta hoje. 

Inspirar motiva, dá energia, nos faz agir, ter ideias, nos faz buscar mais da vida! 

Comparar desmotiva, entristece, paralisa, gera ansiedade e nos impede de evoluir! 

Quando estamos desconectados da nossa essência vertical, nós olhamos os outros e nos comparamos… 

Ao nos comparar com outros e nos cobrar por não sermos perfeitos como os outros são [que é o que vemos no facebook e instagram], nós nos abandonamos… Abandonamos quem nós nascemos pra ser! 

Todas estas comparações são geradas devido a uma mente voltada para o exterior, para a vida das outras pessoas, para a vida que somente os olhos podem enxergar… 

Agora, quando você acalmar a sua mente, busca ter mais serenidade no dia a dia, mesmo que por poucos minutos diários, nestes momentos nós começamos devagarinho a ouvir a voz do nosso coração (sim, ele tem voz!!)… 

E o meu papel como mentora e professora é mostrar que não existe uma pílula mágica, que não vai ter um dia em que não vai mais ter problemas, desafios… é mostrar que existe sim um caminho, existe uma fórmula pra você conseguir acalmar a mente e ativar este estado interno de serenidade agora, de forma natural: sim eu tô falando do método MT que já é best seller. 

E o que eu descobri recentemente, o que eu tomei consciência é da necessidade de ser bom, ser bom não ser ótimo em tudo o que você faz…. 

Existe um padrão de autocobrança criado pelo estilo de vida moderno que faz com eu precise ser boa no trabalho, e não só no trabalho em si, eu precise ser top em cada tarefa do meu trabalho….que eu precise dar conta de organizar a casa, de cuidar dos filhos…. 

Isso só gera ansiedade, culpa e frustração. 

Como controlar a ansiedade: 2 passos práticos e comprovados [você precisa praticar!] 

E como resolvo? Existem 2 passos práticos, simples e comprovados, e o grande segredo para eles funcionarem é que você precisa PRATICAR! 

O 1º passo é tomar consciência deste perigo oculto – quando e como ele se manifesta, é o que estamos fazendo agora. É estar atento para este padrão inconsciente de querer ser perfeita em tudo, de ficar se cobrando, se comparando com as outras pessoas. 

O 2º passo é parar diariamente para acalmar a mente e ouvir a voz do seu coração – porque só quando você fica presente no momento presente você consegue criar espaço para se conectar com a sua essência, com as suas habilidades verticais, com aquilo que é o seu propósito de vida. 

E isso é algo diário, assim como escovar os dentes, tomar banho, se alimentar, dormir… Mesmo que você utilize alguns minutos para estas atividades, se você não fizer gera um odor ruim, gera fome e falta de energia, gera cansaço… 

Da mesma forma com a meditação… Poucos minutos diários geram energia, concentração, confiança, serenidade e força para superar os desafios diários… 

E não dedicar estes minutinhos diários fazem o mesmo que não escovar os dentes, não tomar banho, não dormir direito… 

E o Meditar Transforma está aí, fazendo um sucesso incrível… Milhares de alunos START e INFINITY, milhares de leitores, o método se tornou best seller na lista dos mais vendidos da Revista VEJA 

Eu publiquei no 1º vídeo desta série NAMASTÊ um conteúdo especial sobre MEDITAÇÃO para INICIANTES, revelando os 4 passos essenciais para você acalmar a mente e controlar a ansiedade (clique AQUI para assistir). 

Você verá que praticar meditação é simples, prático e rápido… Não precisa ser nada místico, zen ou religioso… Que é muito mais fácil controlar a ansiedade e acalmar a mente quando você tiver MÉTODO + ACOMPANHAMENTO. 

 

Espero sinceramente que esta postagem e este vídeo tenham gerado valor na sua vida, e que eu tenha conseguido de alguma forma te ajudar! 

Espero de verdade que agora você saiba como controlar a ansiedade, de forma simples, direta e prática.

Espero do fundo do meu coração que, a partir de hoje, quando você sentir que está ansioso e pensar em como controlar a ansiedade, você saiba que, fazendo a sua parte, a sua vida irá melhorar, hoje, amanhã e depois.

Lembre-se de 2 coisas que sempre digo para os meus alunos START e INFINITY: 

(a) o segredo é H.A.D. – hoje, amanhã e depois! 

(b) quem não medita não pertence ao mundo real! 

Este material foi preparado com muito AMOR pra você. Por isso vou ADORAR ler o seu comentário aqui embaixo, combinado? 

Abraços, com AMOR, 

Amanda. 

 

Comentários

Novos Comentários